ChatGPT agora pode analisar qualquer PDF que você enviar

ChatGPT agora tem a capacidade de analisar qualquer PDF que for enviado por você.

O ChatGPT da OpenAI está recebendo uma importante atualização que permite aos usuários fazer upload de documentos e tê-los analisados.

A nova versão, atualmente em beta e sendo disponibilizada para alguns assinantes do ChatGPT Plus (@luokai via O ENBLE), oferece aos usuários a capacidade de enviar vários tipos de documentos, incluindo PDFs ou arquivos de dados.

Eu tive a oportunidade de testar a nova funcionalidade do chatbot, ativando os recursos beta nas configurações e selecionando “Análise avançada de dados”, que permite o upload de arquivos e dá ao ChatGPT a capacidade de escrever e executar código Python. Primeiro, tentei enviar o Macbeth de Shakespeare em formato PDF, embora o ChatGPT não tenha conseguido analisar o arquivo devido à sua formatação (no entanto, ele reconheceu a peça e ofereceu um resumo mesmo assim). Também tentei com um artigo acadêmico sobre o impacto econômico do derretimento das calotas de gelo; o ChatGPT analisou o arquivo e forneceu pontos-chave em formato de tópicos, além de várias informações adicionais, finalizando com um resumo abrangente do documento.

Essa funcionalidade pode ser incrivelmente poderosa em certas situações, pois agora você pode fornecer documentos específicos ao ChatGPT e tê-lo extrair resumos, vários pontos de dados ou até mesmo produzir gráficos e tabelas com base nesses dados.

Vale ressaltar que a OpenAI, criadora do ChatGPT, já se envolveu em polêmicas por treinar seus modelos com obras protegidas por direitos autorais. Qualquer pessoa que use o ChatGPT para analisar documentos deve ter cuidado ao escolher quais documentos utilizar e, mais importante ainda, como utilizar os resultados do ChatGPT.

A nova versão beta do ChatGPT também possui um recurso que facilita o uso, pois alterna automaticamente entre vários modos de operação, incluindo Navegação, DALL-E e Análise Avançada de Dados. Essa funcionalidade não estava habilitada para mim, mas definitivamente parece melhor do que ter que escolher a ferramenta específica que você deseja usar toda vez que iniciar o ChatGPT.

Embora alguns assinantes do ChatGPT Plus já possam experimentar esses novos recursos, não há informações sobre quando esses recursos estarão disponíveis para todos.