O mundo do desenvolvimento lamenta a perda de Bram Moolenaar, criador do Vim

Bram Moolenaar, criador do Vim, é lamentado pelo mundo do desenvolvimento.

Desenvolvedores ao redor do mundo estão lamentando a perda de Bram Moolenaar, renomado engenheiro de software holandês e criador do editor de texto Vim.

Moolenaar faleceu em 3 de agosto de 2023, após sofrer de uma condição médica que “progrediu rapidamente nas últimas semanas”, de acordo com uma declaração compartilhada por sua família no grupo Vim-announce do Google.

Vim, abreviação de “Vi IMproved”, é um editor de texto baseado em tela, gratuito e de código aberto, que tem estado na vanguarda de muitos desenvolvimentos de software desde seu lançamento em 1991.

RIP Bram Moolenaar – 1961-2023https://t.co/2R95NMLF8B pic.twitter.com/UuS7zuruvN

— Guillermo Rauch (@rauchg) 5 de agosto de 2023

Vim é um editor modal, oferecendo formas de interface de linha de comando e gráfica, e tem sido um salva-vidas para inúmeros desenvolvedores ao longo dos anos, oferecendo uma plataforma eficiente e sofisticada para codificação.

Além do Linux, onde o Vim é o editor padrão em muitas distribuições, o programa também está disponível para Unix, macOS, OS/2, DOS e Windows.

“Posso dizer sem sombra de dúvida que a velocidade e fluidez do Vim me deram uma grande vantagem em minha carreira. Sempre terei uma profunda apreciação pelo que Bram fez pelo mundo. Descanse em paz”, disse um usuário do Reddit.

“Vim é uma ferramenta lendária, seu nome é conhecido por todos, até mesmo fora do mundo ‘nix e de código aberto”, disse outro.

Além de criar um padrão da indústria para software de edição de texto, Moolenaar também foi pioneiro em uma abordagem de código aberto e comunitária para o desenvolvimento do software.

Ele foi o primeiro a cunhar o termo “charityware”. Embora os usuários possam usar e copiar o Vim gratuitamente, são encorajados a fazer doações para o International Child Care Fund Holland para ajudar crianças em Uganda.

“Nunca quis ganhar dinheiro com o Vim”, disse Moolenaar em uma entrevista no ano passado. “Começou como um hobby e na maior parte do tempo eu tinha um emprego que pagava o suficiente.”

Descanse em paz Bram Moolenaar, criador do Vim e um dos melhores desenvolvedores de software livre e de código aberto de nossos tempos. Seu legado sobreviverá por gerações, mas sua modéstia e atitude gentil em compartilhar dificilmente serão igualadas por alguém. https://t.co/f0I6UuIFfB pic.twitter.com/pV3bea4Is4

— Jaromil (@jaromil) 5 de agosto de 2023

As doações somam cerca de €30.000 por ano – o suficiente para ajudar cerca de 50 crianças a concluírem sua educação, desde a escola primária até a universidade.

Moolenaar, que era baseado na Holanda, passou grande parte de sua vida dedicado ao Vim – criando, mantendo e melhorando constantemente o software.

A última versão completa do Vim é a 9.0, que apareceu há mais de um ano. No entanto, até um mês atrás, Moolenaar ainda estava fazendo atualizações na ferramenta.

Ao longo de sua carreira, Moolenaar também trabalhou em uma variedade de projetos, incluindo um sistema para desenvolvimento de software distribuído chamado A-A-P, uma linguagem de programação chamada Zimbu, e sua última passagem foi na Google trabalhando na modernização do Merchant Center.

Embora ele possa ter se desligado deste mundo para sempre, o legado de Moolenaar e o Vim – um editor de texto que continua a capacitar desenvolvedores ao redor do mundo – permanece vivo.